História do Café

Café já foi de comer

Você pega o seu café, mói os grãos, prepara o seu método de extração preferido, hidrata o pó e curte a sua bebida quentinha, deliciosa, cheia de aromas e sabores, né?

Bom, nem sempre foi assim. Antes de descobrirem que aquela frutinha doce poderia se transformar em uma bebida complexa, apreciada no mundo inteiro, comia-se o dito cujo.

Foi no leste do continente africano que algumas tribos descobriram as propriedades revigorantes do café. No entanto, a torra dos grãos para que se produzisse uma bebida aconteceu em outro momento, supostamente na Península Arábica, por volta do século XI.

Eles catavam os frutos e produziam uma espécie de bolinho arredondado, como se fosse um brigadeiro. Consumiam a iguaria antes de caçar ou de realizar alguma tarefa que exigisse força e compleição física. A receita era bem simples: bastava misturar os grãos sem a casca, já desidratados, com gordura animal.

Aqui na Benévolo a gente prefere beber a comer café. Já ficamos felizes em pensar em uma caneca bem cheia da nossa bebida predileta. Vem com a gente compartilhar o Ben.